24 de fevereiro de 2018

WARFRAME - E disseram que daria ERRADO!



Aposto que nesses últimos tempos já ouviram falar, mesmo que vagamente, do TPS (Atirador em Terceira Pessoa) Warframe. Mas o que basicamente é Warframe ? O nome dado às armaduras dentro do jogo ? Não… Na verdade sim, mas isso é quando já estamos dentro do barco andando. 


O ponto é, até alguns anos atrás todos os críticos diziam que o jogo morreria em breve, era péssimo, mal otimizado e etc. Mas por que então ele é um dos jogos mais jogados na Steam e tá no mercado até hoje? Vamos por um passeio mostrando porque Warframe está aí até hoje, quando todos diziam que não.


Primeiramente a Digital Extremes, empresa que desenvolveu e administra o jogo, é uma companhia, que ao contrário de muitas, faz algo bem melhor que a maioria acha fazer, eles escutam seus jogadores, ao invés de simplesmente criar o jogo na visão dos desenvolvedores e ficar por isso, ou fazer nerfs e buffs focado totalmente na equipe do competitivo. A equipe Warframe está sempre escutando as pessoas por meio do suporte técnico, fóruns e lives no twitch.

Não é toda empresa que escuta seu cliente, mas eles sim, estão sempre buscando formas de melhorar a situação para o jogador, consertar eventuais erros, projetar eventos que disponibilize itens ou cosméticos raros, de modo que faça o jogador se sentir valorizado e ouvido.


Segundo ponto, ainda relacionado à empresa, mas com um pé agora já dentro do gameplay. O jogo é totalmente grátis. Aposto que os olhos de alguns leitores até brilharam agora. Alguns já vão apontar o dedo dizendo que existe o ‘platina’ dentro do jogo, que é a moeda paga do jogo (cash, rops, tokens, etc.), mas aí que vem a maior questão, tudo que há no jogo é grátis, você só precisa trabalhar/grindar para conseguir todos os itens.

Existem itens de clã, que apenas em clãs com a pesquisa completa podem fornecer, mas com recursos que o jogo oferece não é difícil adquirir os itens necessários de pesquisa. Existem itens de chefes, que caem apenas de chefes (sério?), logo com um pouco de determinação, você consegue esses itens, mesmo que o chefe seja um pé no saco, ou as vezes não caia o item exato que queira… *longo suspiro*... E por fim existem os itens primes, que são versões melhoradas (e douradas) de armas e armaduras existentes, as quais podem ser adquiridas por relíquias que você adquire ao longo do jogo (relíquias douradas são melhores).

Quando você ver algo chamado Prime Access, isso significa o lançado de algo prime novo, mas ali embaixo tem aquele preço que até dói ver. A última armadura prime a ser lançada foi a Mirage (minha waifu), o preço que você paga não é pela armadura, mas por ela, todas as armas novas que vieram junto dela e um conjunto de platina extra. 

Caso você queira apontar o dedo dizendo que é pay to win, aí vai minha contra resposta: O jogo recompensa quem se esforça a grindar e pegar tudo, então virtualmente você pode ter tudo que há no jogo.


Caso você queira acelerar seu caminho, você pode muito bem só comprar as platinas, gastar no que quiser e ser feliz. Mas perdemos nisso, a essência que o jogo é… Se esforçar e sentir o gosto da vitória de coleta.

Quando eu disse virtualmente pode obter tudo no jogo sem gastar seu suado dinheiro é verdade e uma inverdade. Existem paletas de cores, capas da oficina steam (tennogen), decorações e acessórios que não são obtidas por grind, apenas pela compra. Exceto os itens tennogen que é algo externo ao jogo, pois jogadores podem projetar cosméticos para jogadores… então não culpe o jogo por não poder comprar aquela capa ‘repala’, que te faz parecer um centurião romano.


Aí chegamos no nosso terceiro ponto, a comunidade. Eu pessoalmente achava que a comunidade do Overwatch era ativa, (e tóxica) mas quando vi a comunidade Warframe… Uau… Uma comunidade que ajuda outros jogadores, onde a maioria não está competindo para falar que você é um lixo, ou que devia jogar outro jogo, ou que comeu sua mãe. 

O jogo é principalmente PvE, ou seja jogador versus ambiente, então a maioria dos jogadores se reúnem em fóruns para discutir trocas de itens (uma excelente fonte de renda de platina dentro do jogo, tá aí sua chance de comprar espaço para itens e paletas de cores), discutem qual a melhor construção para uma certa arma ou armadura, dicas para missões específicas, etc.


O jogo devia estar morto como eu disse previamente, mas foi um conjunto de duas coisas que fizeram o jogo sobreviver por tanto tempo e ainda fazer dele um sucesso. Empresa e Comunidade. O jogo de fato era mal otimizado e ambicioso demais para um jogo grátis, mas ao longo que os jogadores não desistiram da ideia, assim como os desenvolvedores, eles foram capazes de fazer Warframe um jogo excelente.

É até interessante imaginar qual é a premissa do jogo: “Ninjas jogam de graça”. Eles literalmente resolveram misturar várias coisas que jogadores gostam: ninjas, espaço, poderes além da imaginação. E isso faz de Warframe um jogo viciante, você começa a pegar o jeito, ou pega uma nova arma que goste, um arco, metralhadora, lança foguete, escopeta, lança serras; sem contar a habilidade que cada armadura oferece, ressuscitar inimigos mortos, congelar, incendiar, envenenar, paralizar, energizar… *suspiro em êxtase*... Tudo isso faz você se sentir um guerreiro mítico, enquanto varre as hordas dos sentients, corpus e grinners (facções inimigas).


Apenas possuo duas reclamações, o grind excessivo, mas isso é algo que não podemos fazer nada sobre. E outra, jogo reconhece que estamos lidando com pessoas que sabem o que são jogos, que já jogaram FPS, ou TPS antes, então eles largam da sua mão bem rápido, o que não é algo ruim, exceto nos momentos em que você acha que já coletou o que mais queira e não sabe o que fazer em seguida, mas isso vai demorar algumas dezenas de horas para acontecer.

Se você gosta de jogos com um passo acelerado, algo dinâmico, um bom cooperativo, não se importando com o grind, eu recomendo muito Warframe.

Caso venham a dar uma chance ao jogo, nos vemos no sistema origem (Sistema Solar).



Dan Andrade Autor da Shounen Go!
Shounen Go shounengo.com

A sua plataforma de mangá

Nenhum comentário:

Postar um comentário